Redatoria: Comunicação Digital Inteligente e Personalizada

Digital

Marketing de conteúdo vale a pena?

Por: Redatoria - Publicação: 9 de fevereiro de 2022
Marketing de conteúdo vale a pena?

Vale a pena, sim! Mas, também depende… E aqui, sem meias palavras, vamos dar a real mesmo: é possível que o marketing de conteúdo não gere retorno para o seu negócio.

Isso pode ocorrer caso você NÃO tenha:

– Objetivos definidos

– Planejamento que contemple um conjunto de estratégias

– Tempo para colher resultados de médio e longo prazos

{E o principal!} – Conteúdos de qualidade, que entreguem relevância e utilidade

Fazendo o tema de casa e mantendo em dia os 4 fatores acima, é bem provável que o marketing de conteúdo comece, sim, a impactar os resultados da sua empresa. Mas, de que maneira?

 

Benefícios do marketing de conteúdo

Marcas que investem no método recebem, em média, 1,3 mais visitas em seus canais, segundo pesquisa Content Trends. Isto porque, conteúdos de sites e blogs próprios, desenvolvidos com inteligência de SEO, são uma das estratégias mais assertivas para indexar no Google e ajudar sua página a ficar bem ranqueada nos resultados de busca.

Em se tratando de redes sociais, na batalha pela atenção do público, vence quem conseguir ser criativo o suficiente para atrair, gerar identificação para engajar e transmitir utilidade para fidelizar. Somente uma estratégia completa de marketing de conteúdo é capaz de contemplar cada um desses aspectos.

Ainda de acordo com o Content Trends, empresas que investem em marketing de conteúdo conquistam cerca de 3,2 mais leads do que as que não investem. O inbound marketing, é um dos caminhos para atrair e converter novos leads. Sua empresa pode compartilhar conhecimento por meio de guias práticos e ebooks, por exemplo, e, como contrapartida, receber o contato de clientes em potencial.

A geração de leads também pode ocorrer na forma de comentários nas redes, mensagens inbox, Whats ou ligação. Geralmente, uma boa estratégia de conteúdo também está por trás deste tipo de contato, seja por um copy comercial mais direto, que despertou o interesse sobre o seu produto ou serviço, ou por meio da credibilidade construída com conteúdos úteis e especializados.

A construção e o reforço da credibilidade da sua empresa e seus profissionais também passam muito pelo conteúdo produzido. É por meio do conteúdo que será transmitida toda a sua expertise, o storytelling da marca, cases de sucesso, depoimentos e tudo o que agregar para gerar autoridade no segmento.

Depois de conhecer um pouco sobre os tipos de resultados que o marketing de conteúdo pode estimular, vamos voltar ao princípio, porque se você chegou até aqui, provavelmente deseja planejar melhor o conteúdo para a sua marca.

 

4 dicas para um marketing de conteúdo estratégico

1 – Já dizia o gato da Alice, “se não sabe onde quer chegar, qualquer caminho serve”: tenha em mente o que você deseja conquistar com o marketing de conteúdo. Alcance de marca? Engajamento nas redes? Acessos ao site?

Independente dos objetivos, esse primeiro passo é crucial para nortear o planejamento dos conteúdos, editorias, temas, plataformas e formatos. Só é possível ter assertividade de resultado, impactar quem queremos, da maneira que desejamos, após essa etapa cumprida.

2 – Internet não é cassino, mas vale a regra “não aposte todas as suas fichas na mesma jogada”: o marketing de conteúdo deve ser UMA parte de toda a estratégia de comunicação da sua empresa. Não adianta ter um conteúdo ótimo se ele não chegar até o público de interesse. Por isso, é importante contar com anúncios de mídia paga, além estar presente em plataformas diversas, como redes sociais, blog e e-mail marketing, com um funil bem definido.

3 – A pressa é inimiga do resultado no marketing de conteúdo: embora não haja uma regra definitiva sobre o prazo para atingir resultados, é necessário um período de construção da base de conteúdos capazes de ganhar relevância e destaque na internet. Algumas variáveis que podem influenciar são: o segmento da empresa, a frequência dos conteúdos e a verba de mídia paga investida. Em resumo, podemos também estimar pelo tipo de resultado esperado: métricas de alcance, engajamento e acessos: de curto a médio prazo; vendas: de médio a longo prazo.  

4 – Conteúdo é rei. Qualidade é o reino: antes mesmo de pensar em SEO, qualidade deve ser a primeira palavra-chave a se ter em mente para uma boa estratégia de marketing de conteúdo. E como ela se aplica na prática nos seus conteúdos?

– credibilidade: as informações devem ser bem verificadas para passar somente dados corretos

– relevância: os assuntos devem ser realmente de interesse do seu público

– utilidade: o conteúdo deve entregar com fidelidade o que propõe e agregar algo ao público

 

É bastante informação, né? Então, se precisar de um reforço para planejar e colocar tudo isso em prática, conte com a Redatoria 😉 Entre em contato para saber mais.

Os comentários estão desativados.

Redatoria

Empresa especializada em produção de conteúdo, gerenciamento de redes sociais e marketing digital.

redatoria@redatoria.com Política de Privacidade

Design e Desenvolvimento por Brava Digital